Domingo da Paixão do Senhor

9 de abril de 2017

Juan de Roleas, Museu de Belas Artes de Sevilla, Espanha
Isaías 50: 4–9a * O Servo submete-se ao sofrimento
Salmos 31: 9–16 * Eu entrego o meu espírito
Filipenses 2: 5–11 * Morte em uma cruz
Mateus 27: 11–54 * A paixão e a morte de Jesus

Deus está conosco em nosso sofrimento (Is), e pedimos a ele que nos proteja daqueles que querem nos prejudicar (Sl). Sim, o inocente Jesus, o Filho único de Deus, foi crucificado para que pudéssemos ter vida eterna e perdão dos pecados (Mt). Porquanto ele derrotou a morte, seu nome está sobre todos os nomes e damos glória a Deus (Fp).

Embora Jesus seja obediente até a morte na cruz, ele é exaltado por Deus. Reunimo-nos para lembrar-nos de sua oferenda pela vida do mundo e sermos alimentados pela sua misericórdia vivificante. Esta Semana Santa culminará na celebração dos Três Dias do sofrimento, morte e ressurreição de Jesus.

Preparação

Apesar de qualquer desprezo ou humilhação
que enfrentamos neste mundo, Senhor,
Apesar de qualquer vergonha,
confiamos em ti para nos livrar,
Tu que suportaste a cruz por nós,
Pois tal é a tua natureza longânime,
E teu amor fiel por teus filhos.


Convite e Invocação

Salmos 55:16–19; 86:11; 25:1–2

Mas eu invocarei a Deus, e o SENHOR me salvará.
À tarde, de manhã e ao meio-dia me queixarei e me lamentarei; 
e ele ouvirá minha voz. 
Em paz livrará minha vida … Deus ouvirá; 
aquele que está entronizado desde a antiguidade lhes responderá.

SENHOR, ensina-me teu caminho, e andarei na tua verdade; 
prepara meu coração para temer o teu nome.

SENHOR, elevo a minha alma a ti. 
Meu Deus, eu confio em ti.

Coleta

Deus todo-poderoso e eterno, tu que em teu terno amor pela humanidade, enviaste teu Filho, nosso Salvador Jesus Cristo, para assumir nossa natureza e sofrer morte na cruz, mostrando-nos o exemplo de sua grande humildade, concede-nos em tua misericórdia que caminhemos pelo caminho da sua paixão e participemos também da sua ressurreição; por Jesus Cristo, teu Filho, nosso Senhor, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo, um só Deus agora e sempre. Amém.†

Primeira Leitura

Isaías 50: 4–9a

O Soberano, o Senhor, deu-me
 uma língua instruída,
 para conhecer a palavra
 que sustém o exausto.
Ele me acorda manhã após manhã,
desperta meu ouvido para escutar
 como alguém que está sendo ensinado.
O Soberano, o Senhor,
 abriu os meus ouvidos,
e eu não tenho sido rebelde;
 eu não me afastei.
Ofereci minhas costas
 àqueles que me batiam,
meu rosto àqueles
 que arrancavam minha barba;
não escondi a face da zombaria
 e dos cuspes.
Porque o Senhor, o Soberano, me ajuda,
 não serei constrangido.
Por isso eu me opus firme
 como uma dura rocha,
e sei que não ficarei decepcionado.
Aquele que defende o meu nome
 está perto.
Quem poderá trazer acusações contra mim?
 Encaremo-nos um ao outro!
Quem é meu acusador?
 Que ele me enfrente!
É o Soberano, o Senhor, que me ajuda.
 Quem irá me condenar?
Todos eles se desgastam
 como uma roupa;
as traças os consumirão. (NVI)

Litania de Confissão

Salmos 31: 9–16

Ó SENHOR, tem compaixão de mim 
 porque estou angustiado; 
 meus olhos, minha alma e meu corpo 
 se consomem de tristeza.

 Pois minha vida é consumida pela angústia, 
 e meus anos, pelos gemidos; 
 minha força desfalece, 
 e meus ossos se consomem 
 em razão da minha culpa.

 Por causa de todos os meus adversários, 
 fui desonrado, fui humilhado diante dos meus vizinhos 
 e tornei-me motivo de horror 
 para os meus conhecidos; 
 os que me veem na rua fogem de mim.

 Sou esquecido por eles 
 como alguém que está morto; 
 sou como um vaso quebrado.
 Pois tenho ouvido a difamação de muitos, 
 há terror por todos os lados; 
 juntos, conspiram contra mim, 
tramando tirar-me a vida.
 Ó SENHOR, mas eu confio em ti 
 e digo: Tu és o meu Deus.
 Meus dias estão nas tuas mãos; 
livra-me das mãos dos meus inimigos 
 e dos que me perseguem.

 Faze o teu rosto resplandecer sobre o teu servo; 
 salva-me por tua bondade. (AS21)

Oração

Deus poderoso e amoroso,
Tu nos proteges e cuida de nós de maneiras que nunca entenderemos.
Ajuda-nos a amar-te tão profundamente que confiaremos em ti,
E a confiar em ti tão completamente que te seguiremos agora e sempre.
Oramos isso em nome de Jesus. Amém.†

Declaração de Perdão

Filipenses 2: 5–11 *

Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus,

que, embora sendo Deus,
 não considerou
que o ser igual a Deus
 era algo a que devia apegar-se;
mas esvaziou-se a si mesmo,
 vindo a ser servo,
tornando-se semelhante
 aos homens.
E, sendo encontrado
 em forma humana,
humilhou-se a si mesmo
 e foi obediente até a morte,
 e morte de cruz!
Por isso Deus o exaltou
 à mais alta posição
e lhe deu o nome que está acima de todo nome,
para que ao nome de Jesus
 se dobre todo joelho,
nos céus, na terra
 e debaixo da terra,
e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor,
 para a glória de Deus Pai. (NVI)

Canções

Evangelho

Mateus 27: 11–54 * (NVI)

Credo Apostólico

Creio em Deus Pai Todo-poderoso, Criador do Céu e da Terra,
 e em Jesus Cristo seu único Filho, nosso Senhor,
 o qual foi concebido por obra do Espírito Santo,
 nasceu da Virgem Maria,
 padeceu sob o poder de Pôncio Pilatos,
 foi crucificado, morto e sepultado,
 desceu ao Hades;
 ressuscitou ao terceiro dia,
 subiu ao céu,
 e está sentado à mão direita de Deus Pai Todo-poderoso,
 donde há de vir a julgar os vivos e os mortos.
Creio no Espírito Santo,
 na santa Igreja Católica,
 na comunhão dos santos,
 na remissão dos pecados,
 na ressurreição do corpo,
 e na vida eterna.
Amém.†

Ofertório

Senhor Jesus, abençoe estes dons, oramos, para serviço e para glória de teu reino, onde agora reinas com nosso Pai celestial e com o Espírito Santo, um só Deus, agora e para sempre.

Ceia do Senhor


Oração do Senhor

Pai nosso que estás no céu, 
 santificado seja o teu nome.
 Venha o teu reino. 
 Seja feita a tua vontade,
 assim na terra como no céu. 
O pão nosso de cada dia nos dá hoje,
 e perdoa nossas dívidas,
 assim como perdoamos os nossos devedores.
E não nos deixes cair em tentação, 
 mas livra-nos do mal.
Pois teu é o reino, o poder 
 e a glória para sempre.
Amém.†

Envio e Bênção

Ele se esvaziou, tomando a forma de um escravo:
Segui-o, e oferecei serviço a ele de semelhante modo,
Ele tornou-se obediente até a morte:
Mantende a fé nele em vosso dia de morte.
Deus também o exaltou sobremaneira;
Assim vós sereis levantados para uma nova vida e dotados
com o Espírito enquanto exaltais o Senhor Jesus
e louvai o seu nome glorioso.


One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.