Domingo da Páscoa do Senhor

16 de abril de 2017 * Culto Noturno

Giotto, Cappella degli Scrovegni nell’Arena, Pádua, Itália
Isaías 25: 6–9 * A festa da vitória
Salmos 114 * Estremece, ó terra
1 Coríntios 5: 6b–8 * Celebremos a festa
Lucas 24: 13–49 * Fica conosco, Senhor

Aleluia. Cristo ressuscitou! 
Verdadeiramente, o Senhor ressuscitou. Aleluia!

Jesus ressuscitou (Atos 10: 34–43) O amor de Deus por nós é inabalável e, nas situações mais desesperadoras, ele será vitorioso (Salmo 118: 1–2, 14–24). Vamos, então, também caminhar em uma nova vida, abandonando as coisas velhas (Colossenses 3: 1–4). Celebremos com as duas mulheres no túmulo o triunfo de Jesus sobre a morte. Ele ressuscitou, como disse (Mateus 28: 1–10).Thomas Oden, Antigo Devocional Cristão

Preparação

Ó Deus, a esta hora da noite,
o Cristo ressuscitado se revelou aos seus discípulos
no partir do pão.
Alimenta-nos com o pão da vida
e quebra nossos corações,
Para que possamos conhecê-lo
não somente nas boas novas das escrituras,
mas ressuscitado no meio do seu povo peregrino. Amém.


A. Convite e Invocação

Salmo 114 * Estremece, ó terra

Quando Israel saiu do Egito, e a casa de Jacó,
 do meio de um povo de língua estranha,
 Judá tornou-se seu santuário, e Israel, seu domínio.

O mar viu isso e fugiu; 
 o Jordão recuou.
Os montes saltaram como carneiros, 
 e as colinas, como cordeiros.

Ó mar, que tens que foges assim?
E tu, ó Jordão, que tens que recuas? 
E vós, montes, que saltais como carneiros, 
 e vós colinas, como cordeiros?

Ó terra, estremece na presença do Senhor, 
 na presença do Deus de Jacó
 que transformou a rocha em lago de águas, 
 e a pederneira, em manancial. (AS21)

B. Coleta

Deus todo-poderoso, que por teu Filho Unigênito Jesus Cristo, venceste a morte e nos abriste a porta da vida eterna, concede que nós, que celebramos com alegria o dia da ressurreição do Senhor, sejamos libertos do pecado e também ressuscitemos da morte, por teu Espírito vivificador; por Jesus Cristo, teu Filho, nosso Senhor, que vive e reina contigo e com o Espírito Santo, um só Deus agora e sempre. Amém.†

C. Exame e Confissão

1 Coríntios 5: 6b-8 *

O orgulho de vocês não é bom. Vocês não sabem que um pouco de fermento faz toda a massa ficar fermentada? Livrem-se do fermento velho, para que sejam massa nova e sem fermento, como realmente são. Pois Cristo, nosso Cordeiro pascal, foi sacrificado. Por isso, celebremos a festa, não com o fermento velho, nem com o fermento da maldade e da perversidade, mas com os pães sem fermento, os pães da sinceridade e da verdade. (NVI)

Vamos confessar nossos pecados
Deus Todo-poderoso, tu ressuscitaste Jesus do túmulo
e o coroaste Senhor de tudo.
Confessamos que não nos curvamos diante dele
nem reconhecemos seu governo em nossas vidas.
Nós acompanhamos a maneira do mundo
e não lhe demos glória.
Perdoa-nos e levanta-nos do pecado,
para que sejamos teus fiéis,
obedecendo aos mandamentos de nosso Senhor Jesus Cristo,
que governa o mundo e é cabeça da igreja, o seu corpo.
Amém.

D. Declaração de Perdão

Isaías 25: 6–9 *

Neste monte o Senhor dos Exércitos
 preparará um farto banquete
 para todos os povos,
um banquete de vinho envelhecido,
com carnes suculentas
 e o melhor vinho.
Neste monte ele destruirá o véu
 que envolve todos os povos,
a cortina que cobre todas as nações;
destruirá a morte para sempre.
O Soberano, o Senhor,
enxugará as lágrimas
 de todo rosto
e retirará de toda a terra
 a zombaria do seu povo.
Foi o Senhor quem o disse!

Naquele dia dirão:

“Este é o nosso Deus;
 nós confiamos nele, e ele nos salvou.
Este é o Senhor, nós confiamos nele;
 exultemos e alegremo-nos,
pois ele nos salvou”.

E. Oração

Nós te adoramos, Deus da liberdade e da libertação;
Tu nos libertas de toda forma de escravidão,
tu sacias nossas almas sedentas.
Como podemos deixar de cantar?
Encharca o teu povo com o teu Espírito Santo, 
para que possamos te louvar com toda a alegria
através de Jesus Cristo, nosso Senhor. Amém.†

F. Canções

G. Oração: Crianças e Iluminação

H. Evangelho

Lucas 24: 13–49* (NVI)

13 Naquele mesmo dia, dois deles estavam indo para um povoado chamado Emaús, a onze quilômetrosb de Jerusalém. 14 No caminho, conversavam a respeito de tudo o que havia acontecido. 15 Enquanto conversavam e discutiam, o próprio Jesus se aproximou e começou a caminhar com eles; 16 mas os olhos deles foram impedidos de reconhecê-lo.

17 Ele lhes perguntou: “Sobre o que vocês estão discutindo enquanto caminham?”

Eles pararam, com os rostos entristecidos. 18 Um deles, chamado Cleopas, perguntou-lhe: “Você é o único visitante em Jerusalém que não sabe das coisas que ali aconteceram nestes dias?”

19 “Que coisas?”, perguntou ele.

“O que aconteceu com Jesus de Nazaré”, responderam eles. “Ele era um profeta, poderoso em palavras e em obras diante de Deus e de todo o povo. 20 Os chefes dos sacerdotes e as nossas autoridades o entregaram para ser condenado à morte, e o crucificaram; 21 e nós esperávamos que era ele que ia trazer a redenção a Israel. E hoje é o terceiro dia desde que tudo isso aconteceu. 22 Algumas das mulheres entre nós nos deram um susto hoje. Foram de manhã bem cedo ao sepulcro 23 e não acharam o corpo dele. Voltaram e nos contaram ter tido uma visão de anjos, que disseram que ele está vivo. 24 Alguns dos nossos companheiros foram ao sepulcro e encontraram tudo exatamente como as mulheres tinham dito, mas não o viram.”

25 Ele lhes disse: “Como vocês custam a entender e como demoram a crer em tudo o que os profetas falaram! 26 Não devia o Cristo sofrer estas coisas, para entrar na sua glória?” 27 E começando por Moisés e todos os profetas, explicou-lhes o que constava a respeito dele em todas as Escrituras.

28 Ao se aproximarem do povoado para o qual estavam indo, Jesus fez como quem ia mais adiante. 29 Mas eles insistiram muito com ele: “Fique conosco, pois a noite já vem; o dia já está quase findando”. Então, ele entrou para ficar com eles.

30 Quando estava à mesa com eles, tomou o pão, deu graças, partiu-o e o deu a eles. 31 Então os olhos deles foram abertos e o reconheceram, e ele desapareceu da vista deles. 32 Perguntaram-se um ao outro: “Não estava queimando o nosso coração, enquanto ele nos falava no caminho e nos expunha as Escrituras?”

33 Levantaram-se e voltaram imediatamente para Jerusalém. Ali encontraram os Onze e os que estavam com eles reunidos, 34 que diziam: “É verdade! O Senhor ressuscitou e apareceu a Simão!” 35 Então os dois contaram o que tinha acontecido no caminho, e como Jesus fora reconhecido por eles quando partia o pão.

36 Enquanto falavam sobre isso, o próprio Jesus apresentou-se entre eles e lhes disse: “Paz seja com vocês!”

37 Eles ficaram assustados e com medo, pensando que estavam vendo um espírito. 38 Ele lhes disse: “Por que vocês estão perturbados e por que se levantam dúvidas no coração de vocês? 39 Vejam as minhas mãos e os meus pés. Sou eu mesmo! Toquem-me e vejam; um espírito não tem carne nem ossos, como vocês estão vendo que eu tenho”.

40 Tendo dito isso, mostrou-lhes as mãos e os pés. 41 E por não crerem ainda, tão cheios estavam de alegria e de espanto, ele lhes perguntou: “Vocês têm aqui algo para comer?” 42 Deram-lhe um pedaço de peixe assado, 43 e ele o comeu na presença deles.

44 E disse-lhes: “Foi isso que eu lhes falei enquanto ainda estava com vocês: Era necessário que se cumprisse tudo o que a meu respeito está escrito na Lei de Moisés, nos Profetas e nos Salmos”.

45 Então lhes abriu o entendimento, para que pudessem compreender as Escrituras. 46 E lhes disse: “Está escrito que o Cristo haveria de sofrer e ressuscitar dos mortos no terceiro dia, 47 e que em seu nome seria pregado o arrependimento para perdão de pecados a todas as nações, começando por Jerusalém. 48 Vocês são testemunhas destas coisas. 49 Eu lhes envio a promessa de meu Pai; mas fiquem na cidade até serem revestidos do poder do alto”.

I. Credo Apostólico

Creio em Deus Pai Todo-poderoso, Criador do Céu e da Terra,
 e em Jesus Cristo seu único Filho, nosso Senhor,
 o qual foi concebido por obra do Espírito Santo,
 nasceu da Virgem Maria,
 padeceu sob o poder de Pôncio Pilatos,
 foi crucificado, morto e sepultado,
 desceu ao Hades;
 ressuscitou ao terceiro dia,
 subiu ao céu,
 e está sentado à mão direita de Deus Pai Todo-poderoso,
 donde há de vir a julgar os vivos e os mortos.
Creio no Espírito Santo,
 na santa Igreja Católica,
 na comunhão dos santos,
 na remissão dos pecados,
 na ressurreição do corpo,
 e na vida eterna.
Amém.†

J. Ofertório

Que gloriosa nova é o teu evangelho, ó Deus, a presença de Jesus Cristo em nosso meio, o ardor do Espírito Santo em nossos corações, a redenção prometida de nossos corpos cansados. Abençoa estes dons a serviço de tua boa nova, para que, enquanto a compartilhamos com alegria, a notícia possa de fato se espalhar para todos os cantos do mundo: que Jesus Cristo ressuscitou dos mortos, e que somos suas testemunhas para o louvor da sua glória.

K. Ceia do Senhor

L. Oração do Senhor

Pai nosso que estás no céu, 
 santificado seja o teu nome.
 Venha o teu reino. 
 Seja feita a tua vontade,
 assim na terra como no céu. 
O pão nosso de cada dia nos dá hoje,
 e perdoa nossas dívidas,
 assim como perdoamos os nossos devedores.
E não nos deixes cair em tentação, 
 mas livra-nos do mal.
Pois teu é o reino, o poder 
 e a glória para sempre.
Amém.†

M. Envio e Bênção

Ide com corações inflamados no Espírito.
Ide com espíritos sintonizados com Cristo.
Ide com esta notícia poderosa e maravilhosa:
A morte é derrotada, Cristo Jesus ressuscitou,
o arrependimento e o perdão dos pecados devem ser proclamados a todas as nações em seu nome.
Que a presença e a paz de Cristo
fique com convosco sempre.